cadeado Área Restrita

Publicidade

Notícias

Geral - 27/01/2020
entrevista com o Pres. do IEPTB

O SINFAC-RJ vem conversando com o acordos operacionais e dentro dessa relação de parceria, entrevistamos o Presidente do IEPTB-RJ o Sr. Celso Jorge Fernandes Belmiro (5º Ofício de Protestos de São Gonçalo)
 

Quais são os novos projetos do IEPTB ante as alterações promovidas pela Lei de Duplicata Escritural e Provimento CNJ 87/2019?
 
           R: Criamos a nossa Central Nacional (CENPROT) e estamos com o projeto de integração com a CERC, que foi a primeira registradora de duplicatas eletrônicas autorizada pelo BACEN.  Esse projeto contemplará todas as etapas da vida da duplicata do nascimento a adimplência ou protesto em qualquer comarca no Brasil.
 
O que mudará para os usuários de sistemas do IEPTB com essas alterações?

R: Para os usuários que enviam títulos nada será alterado. O uso da CRA ( Central de Remessa de Arquivo) continuará funcionando normalmente. Para os usuários externos, ou seja, aqueles que demandam serviços dos cartórios de protesto, usarão apenas a CENPROT NACIONAL para solicitar esses serviços de qualquer cartório do país.

Quais as vantagens de usar o sistema do CENPROT?
 
R: A vantagem é que todos os serviços oferecidos pelos cartórios de protesto estarão concentrados em apenas um lugar, gerando economia de tempo para o usuário. 
 
O IEPTB acompanha a efetividade dos protestos? Pode indicar estatísticas?
 
R: O IEPTB, através da CRA, consegue mapear a produtividade de cada apresentante. As estatísticas podem variar de 30 a 65% de recuperação em três dias. Tudo depende do tipo de título apresentado, data de vencimento, localização correta do devedor, entre outros fatores. Uma empresa, por exemplo, pode ter uma excelente recuperação em um mês e no outro nem tanto. Tudo varia de acordo com o que ela apresenta. Sabemos que quanto mais recente o título maiores são as chances de recuperação em três dias.

 

Publicidade