cadeado Área Restrita

Publicidade

Notícias

Geral - 27/05/2019
Empresário e contador são presos em operação contra associação criminosa suspeita de causar prejuízo de mais de R$ 2 milhões

Um empresário e um contador foram presos em uma operação da Polícia Civil que mirou uma associação criminosa suspeita de causar prejuízo de mais de R$ 2 milhões.

A ação ocorreu na quarta-feira (22), quando foram cumpridos mais de 30 mandados judiciais em Curitiba e Região.

De acordo com a polícia, empresas de fomento comercial foram lesionadas nessa quantia milionária. A operação foi batizada de "Paper Falsum".

Entre as ordens judiciais, havia de prisão temporária, busca e apreensão, bloqueio de bens e bloqueio de contas bancárias.

As buscas foram cumpridas em residências, empresas e em um escritório de advocacia em bairros da capital paranaense, em Pinhais e em Campina Grande do Sul.

Oito contas bancárias foram bloqueadas, segundo a Polícia Civil. Já os bens materiais bloqueados totalizaram em 13: dez veículos e três imóveis em Curitiba, em São José dos Pinhais e em São Francisco do Sul (SC).

As investigações

Conforme a polícia, as investigações começaram há três meses, depois de empresas que foram vítimas da associação criminosa registrarem denúncia.

Os suspeitos, de acordo com a Polícia Civil, simulavam duplicatas para aplicar os golpes. As empresas faziam aquisição de títulos de créditos, principalmente de duplicatas mercantis procedentes de negociações de clientes. Isso significa que elas compravam por um valor à vista um título de crédito que deveriam receber parcelado.

Apenas uma das empresas, teve prejuízo de R$ 1,3 milhão de títulos não pagos, segundo a polícia. Outra foi lesada em R$ 365 mil, enquanto uma terceira relatou um prejuízo de R$ 512 mil.

As investigações apontaram que os suspeitos criavam empresas em nome de "laranjas" em diferentes estados e cidades.

Fonte: Fintech Express retirado do endereço:  http://www.fintechspress.com/18-destaques/2191-empresario-e-contador-sao-presos-em-operacao-que-mira-associacao-criminosa-suspeita-de-causar-prejuizo-de-mais-de-r-2-mi?utm_source=Mailee&utm_medium=email&utm_campaign=Fintechs+elegem+experi%C3%AAncia+positiva+do+cliente+como+fator+decisivo+para+crescer&utm_term=&utm_content=Fintechs+elegem+experi%C3%AAncia+positiva+do+cliente+como+fator+decisivo+para+crescer apud G1

 

Publicidade