Publicidade

Notícias

Geral - 07/10/2021
CEO do Barcelona explica situação financeira, fala sobre operação de factoring

Nesta quarta-feira, o CEO do Barcelona, Ferran Reverter, concedeu entrevista coletiva e dissecou a delicada situação financeira do clube. Ele apontou falhas em transferências realizadas na gestão anterior, comentou sobre a saída de Lionel Messi e mostrou os planos da diretoria para diminuir as dívidas.

“Houve uma falta de planejamento financeiro. No caso de Griezmann, na mesma noite em que o contrataram, viram que não havia dinheiro e buscaram um fundo para fazer um ‘factoring[operação financeira]. A transferência de Coutinho, que custa 120 milhões de euros, acaba custando 16,6 milhões a mais. Compravam jogadores sem saber se podiam contratá-los”, afirmou.

Reverter também citou as dívidas do time: “Em março, nos encontramos com patrimônio líquido negativo. Se fosse uma empresa de sociedade anônima, seria uma falência contábil que iria supor dissolução. A dívida e os compromissos futuros eram de 1,35 bilhão de euros (R$ 8,5 bilhões atualmente).”

(...)

“Há uma pirâmide invertida com jogadores muito veteranos, com contratos longos, e jovens com contratos de um ano, o que dificulta muito as negociações”, também explicou o CEO.
Por fim, Reveter resumiu o planejamento da diretoria para melhorar a vida financeira do clube em quatro pilares: La Masia (categoria de base) e estilo do Barça; excelência esportiva e alto rendimento; modernização das instalações; e “buscar novos ingressos”, a partir dos torcedores espalhados pelo mundo.

fonte:  Gazeta Esportiva
leia a matéria completa em: https://www.gazetaesportiva.com/times/barcelona/ceo-do-barcelona-explica-situacao-financeira-fala-sobre-messi-e-projeta-futuro-economico-do-clube/

 

Publicidade